SAMU faz festa pelos 8 anos de atuação no município

Em 29 de agosto de 2009, o município de São Francisco do Conde passou a ter uma base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU. A partir daí, foram muitos momentos a celebrar, como definiu a secretária da Saúde, Eleuzina Falcão. “Temos muito a comemorar nesses 8 anos de atuação do SAMU no município. É um trabalho desenvolvido com amor, dedicação, uma equipe treinada e capacitada, mas, acima de tudo, uma equipe que tem respeito à vida e a Secretaria da Saúde em peso vem comemorar essa data tão importante para todos nós”.

De acordo com a coordenadora do órgão, Ivonete Franco, até o presente momento, 372 foi o número de atendimentos registrados em 2017 pelo serviço. Para esse fato, a secretária Eleuzina Falcão chama a atenção que, por ser regionalizado, o SAMU de São Francisco do Conde também atende as comunidades do entorno, o que significa que os dados não representam apenas as ocorrências locais.

O SAMU, além de suas ações de intervenção, também realiza um trabalho educativo muito importante e, dentro desse processo de educação, a gente vem orientando a população com relação aos principais riscos. São situações que podem e devem ser evitadas”, sinaliza a gestora. A perspectiva é que, com essas ações educativas, as quais vêm sendo especialmente desenvolvidas nas escolas, o comportamento das pessoas venha a mudar, principalmente de motoristas, motociclistas e também pedestres.

Ao logo do dia, uma série de atividades fez parte das comemorações pelos 8 anos do SAMU, entre as quais: ginástica laboral com Fábio Cidreira; louvor e oração com o diácono Everaldo Bispo; socorristas kids, que se tratou de uma sessão de fotos com crianças vestidas com macacão do SAMU; RCP para leigos, que foi uma orientação para ações de reanimação cardiorrespiratória; palestra sobre “Ética na Assistência: O Passo Para Humanização da Saúde” com Lane Costa; workshop “Suporte de Apoio Vital ao Afogado”, também com Fábio Cidreira; e as demais palestras: “Iniciação ao Protocolo IAM. O que é? Como está? Qual minha função nesse processo?” (com Antônio Rafael), “Emergências Obstétricas para Profissionais do Suporte Básico de Vida” (com Flávio dos Anjos) e “Imobilização em MMSS e MMII no APH – Prática de Bandagem” (com Carlos Barbosa). Para finalizar, Cine Pipoca Socorrista com o filme “Anjos da Vida – Mais Bravos que o Mar”.

A EQUIPE DO SAMU

É formada pela coordenadora operacional, médicos, enfermeiros e condutores de ambulância. Recebem ainda o reforço de técnicas de enfermagem, que atuam na Unidade de Suporte Avançado (USA) e na Unidade de Suporte Básico (USB). O SAMU atende aos mais diversos tipos de ocorrências, como traumas (acidentes), arma branca, arma de fogo, afogamento, problemas cardíacos, insuficiência respiratória, interceptações e transferências inter-hospitalares. Em casos de emergência, o SAMU pode ser contato pelo 192.