Saúde promove mais uma ação de vinculação das gestantes ao Hospital Célia Almeida Lima

Em São Francisco do Conde, as gestantes que participam da vinculação e seus acompanhantes são encaminhados pela Unidade de Saúde da Família de referência ao Hospital Docente Assistencial Célia Almeida Limapara conhecer a estrutura física, a equipe, receber informações, bem como esclarecer dúvidas. A vinculação é possível através do trabalho da Rede Cegonha, que tem como princípios: o respeito, a proteção e os direitos humanos.

Mais uma ação da vinculação aconteceu nesta quarta-feira, dia 13 de março de 2019, reunindo 06 gestantes, acompanhadas pelas Unidades de Saúde da Família dos bairros de: Caípe de Baixo, Santo Estevão, Baixa Fria, São Bento e Engenho de Baixo. As mulheres contaram com a presença de profissionais do Complexo de Saúde da Caípe de Baixo, a exemplo do médico da Unidade, Israel de Paula. 

Essa ação acontece desde a entrega da nova Ala Obstétrica do Hospital. Com essa ação, a Prefeitura de São Francisco do Conde, através da Secretaria Municipal da Saúde (SESAU), vem contribuindo para uma gestação e parto mais seguros e humanizados.

A vinculação das gestantes à Unidade de Saúde onde o seu parto será realizado é a Rede Cegonha se fortalecendo em São Francisco do Conde e mudando a história! A vinculação está prevista em lei e é uma das diretrizes da Rede Cegonha. Nesse encontro, as gestantes conhecem qual a porta de entrada: a equipe que vai atendê-la, a unidade onde ficará alojada, saberá que seu bebê sairá vacinado, registrado e com a primeira consulta marcada”, revela a secretária da Saúde, Eleuzina Falcão.

São objetivos da Rede Cegonha: fomentar a implementação de novo modelo de atenção à saúde da mulher e à saúde da criança com foco na atenção ao parto, ao nascimento, ao crescimento e ao desenvolvimento da criança; além de organizar a Rede de Atenção à Saúde Materna e Infantil com acolhimento e resolutividade; com vistas a reduzir as mortalidades materna e infantil.