SDHCJ: Projeto Circulô promoveu integração, arte e cidadania aos jovens do bairro do Caípe

A Prefeitura Municipal de São Francisco do Conde, através da Secretaria de Direitos Humanos, Cidadania e Juventude – SDHCJ, realizou nesta sexta-feira (06), maisuma edição do Projeto Circulô – Juventude Arte e Cidadania. Desta vez, a ação aconteceu no bairro do Caípe, e contou com o apoio da Subprefeitura da localidade.

Na oportunidade, estiveram presentes junto com a comunidade franciscana, o secretário de Direitos Humanos, Cidadania e Juventude, Márcio Junqueira, o vereador Luís Alberto Santana Cruz (Luís de Nem), representando o vice-prefeito e secretário de Governo – SEGOV, esteve presente o superintendente Helton Ferreira, a diretora do Departamento de Atenção à Juventude – DEJUV, Jocilene Bandeira, o coordenador de Juventude do Estado da Bahia, Jabes Soares, o conselheiro de Juventude, Jhonatan Moreira, o professor Ivan Lima e o coreógrafo Mailson, participaram do evento representando a Secretaria de Juventude da cidade Madre de Deus eo assessor de Juventude da Secretaria de Cultura de Candeias, Fábio Barata.

O evento reuniu jovens franciscanos que na oportunidade puderam participar de atividades que fomentam a autonomia, o potencial criativo, crítico e artístico da juventude. Esse é um dos objetivos desse projeto que vem promovendo por diversas localidades do município um espaço de discussão, interação, troca e construção de conhecimento, a partir das realidades da juventude singular, diversa e plural, promovendo assim, a integração entre os jovens de toda cidade. Um momento memorável com shows de música, dança, poesia, performance, além de exposições de artes visuais.

O secretário de Direitos Humanos, Cidadania e Juventude, Márcio Junqueira, em seu pronunciamento agradeceu a presença e a participação da comunidade no evento e salientou as oficinas que foram desenvolvidas com os jovens da localidade.

Mais uma edição do Projeto Circulô, desta vez realizada aqui no Caipe, promovendo diversas atividades para a juventude. Agradeço ao prefeito Evandro Almeida, ao vice-prefeito Nem do Caípe e a toda comunidade que participou ativamente de todas as oficinas que foram realizadas”.

Na ocasião, jovens da localidade que participaram das oficinas de dança e desenho, que foram realizadas de 23 a 28 de março, foram certificados e receberam os aplausos do público presente por todo o empenho e dedicação durante esse período de integração e conhecimento.

O conselheiro de juventude de São Francisco do Conde, Jhonatan Moreira destacou o trabalho que vem sendo feito pela SDHCJ e enfatizou a importância do projeto no bairro do Caípe.

Muitos pensam que juventude é só bagunça e baderna, mas hoje, estamos aqui para mostrar que juventude tem talento, tem educação e tem voz. Agradeço a SDHCJ pela realização desse evento tão importante para os jovens franciscanos”.

Para o coordenador de Juventude do Estado da Bahia, Jabes Soares, a juventude precisa se empoderar e lutar por mais políticas públicas.

Eu sempre faço questão de participar das atividades promovidas pelo Projeto circulô aqui e São Francisco do Conde, pois é dessa forma que conseguimos mudar a realidade social da Bahia e do Brasil. É através de atividades como essa envolvendo a juventude que vamos conseguir de fato apontar o caminho que o Brasil deve seguir. O que temos visto na política e o que vem acontecendo no nosso país não podemos ficar de braços cruzados.  A juventude tem um papel fundamental nas decisões políticas. É preciso que a juventude mostre a sua voz através dos Conselhos de Juventude, grêmios, líderes de classe, sempre atentos as  decisões importantes para que a vida da juventude seja diferente e que tenhamos, sobretudo,  um enfrentamento a violência contra a juventude negra”.

O superintendente Helton Ferreira, que representou o vice-prefeito e secretário de Governo, Carlos Alberto Bispo Cruz (Nem do Caípe), falou sobre a importância do projeto.

A juventude precisa ocupar cada vez mais seus espaços. Trago aqui o abraço do vice-prefeito e secretário de Governo, Nem do Caípe. Agradeço a toda equipe da subprefeitura que junto com a SDHCJ se empenharam para a concretização desse grande projeto. Podem contar sempre conosco para realizar ações como essa em prol da juventude de São Francisco do Conde”.

O vereador Luís Alberto Santana Cruz (Luís de Nem), enfatizou o trabalho que vem sendo feito pela gestão e ressaltou a importância de participar, valorizar e prestigiar ações importantes como o Projeto Circulô.

Quero aqui deixar registrado o meu agradecimento à gestão municipal, ao prefeito Evandro Almeida e ao vice-prefeito Nem do Caípe. Parabenizá-los pelo trabalho que vem sendo realizado com a juventude franciscana, não só na sede, mas em diversos bairros do município. Mesmo diante de tantas dificuldades, a gestão vem realizando ações tão importantes, a exemplo do Projeto Circulô. Estou muito feliz por ter a oportunidade de participar desse evento, eu gosto de viver o dia a dia da comunidade, não só aqui no Caípe, mas também em outras localidades como Jabequara, Muribeca, Santo Estevão e tantos outros bairros. Uma oportunidade não só de prestigiar e valorizar ações importantes, mas também de ouvir a população.”

Com uma programação diversificada, o Projeto Circulô também proporcionou um momento de reflexão e de autoconhecimento para as mulheres, onde profissionais da área da saúde realizaram uma caminhada com os jovens pelas ruas da comunidade, para informar e conscientizar as mulheres sobre a importância do autocuidado e o empoderamento feminino.