SEMA realizará visita técnica ao Rio Joanes

SEMA

A Secretaria de Meio Ambiente de São Francisco do Conde (SEMA), através da Gerência de Educação Ambiental, dará início ao Projeto Berço do Joanes, nesta quarta-feira, 18 de dezembro, com uma visita técnica à Bacia Hidrográfica do rio. O Projeto tem como principal objetivo promover a recomposição e replantio da mata ciliar no entorno da nascente do Rio Joanes, que fica localizada  no município, na Fazenda Gurgaia Grande.

Além disso, o projeto busca a sensibilização dos agentes públicos e privados em relação à degradação do rio nas cidades banhadas por suas águas, envolvendo ações de educação, qualidade e fiscalização ambiental.

A partir do diagnóstico realizado na visita técnica, pretende-se ampliar o processo de revitalização e proteção da nascente, assim como, estabelecer parcerias com os órgãos ambientais dos municípios que integram a bacia hidrográfica, visando criar uma ação conjunta de melhoria da qualidade ambiental deste manancial.

Participarão dessa visita técnicos da SEMA, técnicos da Secretaria Municipal da Educação (SEDUC), guardiões ambientais do município, membros do Conselho de Meio Ambiente do município e um grupo de Estudantes do Mestrado em Geografia da Universidade Federal da Bahia (UFBA), liderado pelo Professor Drº. Antonio Puentes, coordenador do Mestrado. As atividades serão coordenadas pelo gestor da Área de Proteção Ambiental Joanes/Ipitanga e técnico do Inema, Geneci Braz.

A Bacia Hidrográfica do Rio Joanes é composta por uma rede de drenagem bem desenvolvida, em uma área aproximada de 1.200 km², apresentando uma extensão linear de 75 km. A sua foz situa-se na divisa entre os municípios de Camaçari e Lauro de Freitas, na praia de Buraquinho, possuindo no estuário uma extensão de aproximadamente 6 km. Seus maiores afluentes localizados na margem esquerda são os rios Uberaba, Lamarão, Sucuricanga e Bandeira e pela margem direita destacam-se o Riacho São Francisco, rios Ibirussu, Boneçu, Petecada, Jacarecanga, Itabaoatã, Muriqueira e Ipitanga; compreendendo uma extensão total de seus cursos d’água de cerca de 245 Km.

Municípios Integrantes: Com 64.430 hectares, contempla partes dos municípios de  Salvador, Lauro  de  Freitas,  Camaçari,  Simões  Filho,  Dias  D´Ávila,  Candeias,  São  Francisco  do  Conde  e  São Sebastião do Passé,  representados por  remanescentes de Mata Atlântica, manguezais,  restingas, dunas e cerrados.