Velho Chico: As belezas de São Francisco do Conde vão ser descortinadas em rede nacional na nova novela da Rede Globo

 

conviteeletronico APROVADOAs belezas de São Francisco do Conde vão ser descortinadas em rede nacional através da nova novela das 21h, da Rede Globo, “Velho Chico”. A história de Edmara Barbosa e Bruno Luperi sucederá “A Regra do Jogo” no horário nobre e estreia dia 14 de março. Para celebrar esse momento histórico de visibilidade, o município irá promover uma ação do projeto Turismo Mais, que será chamada: “Nossa cidade na TV”.

O evento “Nossa cidade na TV” acontecerá na data de estreia da trama, no Mercado Cultural, começando às 18h, com apresentação da sambista e cantora franciscana Izabel Nogueira e do grupo Samba Chula.

Por volta das 19h, acontecerá o encontro “Velho Chico” – Ampliação de Turismo e Economia para São Francisco do Conde e o lançamento do novo Plano Municipal de Turismo – Turismo Mais. Essas ações vão falar sobre o fortalecimento dessa atividade como forma de dinamizar a cadeia produtiva do turismo na cidade, e como geração de renda para os munícipes.

 

E, em seguida, o samba continua ao som de Izabel Nogueira e do grupo Samba Chula até a hora da exibição do primeiro capítulo da novela, que acontecerá em um telão para toda a comunidade.

A trama promete fortes emoções: mortes, duelos, confrontos familiares e o despertar de romances proibidos marcam as fases iniciais da narrativa, que será protagonizada, nos primeiros capítulos, por Rodrigo Santoro e o elenco principal contará ainda com nomes de peso como: Antonio Fagundes, Rodrigo Lombardi, Marcos Palmeira, Christiane Torlone e Camila Pitanga.

Entre as locações da trama aqui no município estão o casarão de Cajaíba, que na novela será a Fazenda Grotas e o Convento de Santo Antônio. Outras cidades da Bahia também estão entre os cenários da novela, sobretudo, as cidades banhadas pelo Rio São Francisco.

Investimento – Só para realizar as restaurações e obras em Cajaíba, a equipe da Rede Globo contratou cerca de 100 pessoas da cidade para trabalhar. A expectativa é que a mão de obra local ultrapasse 300 profissionais, entre técnicos e figurantes. A Globo já investiu cerca de R$ 1,5 milhão na recuperação do espaço, que foi palco de grandes personagens na história de São Francisco do Conde.

História – Residiram na ilha personagens históricos como o governador-geral Mem de Sá, o sertanista e historiador Gabriel Soares de Sousa e um dos líderes da Sabinada, o Barão de Cajaíba, que é sempre lembrado pelo tratamento cruel que dispensava aos seus inimigos e aos escravos que se rebelavam, os quais eram atirados ainda com vida ao mar, através de um fosso. À época da Guerra da Independência do Brasil (1822-1823) foi erguida uma bateria para a sua defesa, a Bateria da Ilha de Cajaíba.